sábado, 16 de janeiro de 2010

DA CORRERIA, OUTRA VEZ

Ocorre-me perguntar a quem tanto corre se sabe para onde vai.

Sem comentários: