sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

SOBRE A CONSPIRAÇÃO

Aqui ficam os esclarecimentos de José António Saraiva a propósito das escutas e da tese socialista sobre a ilegalidade da sua publicação bem como a ideia de que o governo e o PM "já foram inocentados pelo sistema judicial que não de pode pôr em causa".
Diz-nos JAS que: "Vitorino diz que a questão judicial está arrumada, porque já houve decisões do procurador-geral e do presidente do Supremo sobre este assunto.
Ora, não entra pelos olhos dentro que é isso mesmo que está em causa? Que, perante o que veio a público, o PGR e o presidente do STJ são suspeitos de terem actuado com o objectivo de proteger o poder político, servindo-lhe de pára-choques?" Obrigado. É que é isso mesmo.
Mais aqui.

Sem comentários: