terça-feira, 11 de maio de 2010

DO IMPÉRIO










O Campeão voltou. Com todo o mérito, garra e contra todo o anti-Benfica o Benfica mostrou como se pode, de pleno direito, reclamar o título de maior clube do mundo. Ontem marchámos em todo o Portugal continental e ilhas, Cabo Verde, Moçambique, Angola, Venezuela, Porto, Braga*,Suiça, Luxemburgo, New Jersey e Paris, tomámos Paris. E isto só pelo que eu vi que, considerando todos os compromissos festejantes  não foi muito. Quanto aos pequeninos anti-Benfica, fiquem a saber: vem aí um tempo novo, sem fruta e com futebol total. Império universal. Pois é. O Campeão voltou.

*Porto e Braga vem na ordem que vem porque coloco na categoria de territórios sem lei e sem liberdade como o do Chávez e companhia; grande coragem dos valerosos combatentes do Bem que contra porcos e currais, na ausência de ordem e lei não deixaram de gritar bem alto o que lhes ia na alma.

3 comentários:

Afonso Vaz Pinto disse...

Simplesmente patético...

HaAs JaGeR disse...

queres um Kompensan?

Afonso Vaz Pinto disse...

Idem, Ibidem