terça-feira, 28 de setembro de 2010

DA ESPECIALIZAÇÃO À FASCIZAÇÃO

"Não basta preparar o homem para o domínio de uma especialidade qualquer. Passará a ser então uma espécie de máquina utilizável, mas não uma personalidade perfeita. O que importa é que venha a ter um sentido atento para o que for digno de esforço, e que for belo e moralmente bom. De contrário, virá a parecer-se mais com um cão amestrado do que com um ser harmònicamente desenvolvido, pois só tem os conhecimentos da sua especialização. Deve aprender a compreender os os motivos dos homens, as suas ilusões e as suas paixões, para tomar uma atitude perante cada um dos seus semelhantes e perante a comunidade."

Albert Einstein, Como Vejo o Mundo, ENP, 2ªEd.; 1962

Sem comentários: