terça-feira, 30 de agosto de 2011

FROM WAY ABOVE


Massive Attack, 'Angel', Mezzanine (1998)

CONTRA A IGUALDADE (II)

A marcha da igualdade representará porventura o maior embuste da história da civilização ocidental: a ideia de que somos iguais, podemos, por essa razão, ser todos tratados por igual e, pior, temos de ter por igual. Até os sexos hoje em dia são tratados como iguais. Há uma grande diferença entre tratar o que é diferente como igual e tratar o que é diferente com igual dignidade mas respeitando (e celebrando) a diferença que os separa. O que os progressistas igualitários ainda não compreenderam é que aquilo que nos une é precisamente aquilo que nos diferencia. E é precisamente por esta razão que uma senhora deve sempre passar à frente numa porta e que a androgenia metrossexual que tanta gente entusiasma como expoente máximo da igualdade (a sexual) não é mais do que o triste soçobrar do que mais de diferenciador uma comunidade tem: o sexo. Talvez sociedades reproduzidas por tubos de ensaio, todos iguais, todos produzidos da mesma forma e educados por igual, vestidos por igual, mandados por igual, escravizados por igual seja o futuro; e não é exagero: inapelavelmente a escravidão será sempre o arauto do progressismo igualitário pois a liberdade significará sempre a possibilidade de ser diferente. Talvez triunfe esse progressismo igualitário acéfalo e ignorante mas se assim for não deixará também de ser o estertor final de uma civilização que um dia resolveu detestar-se a si própria. Podem inventar muita coisa; poderão até intentar a tal igualdade com que tanto sonham. Agora, juntá-la à mágica receita da felicidade é que será tarefa impossível: onde não há liberdade não há felicidade.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

HUMAN TOUCH


James, 'Out to Get You', Laid (1993)

CONTRA A IGUALDADE

A melhor forma de explicar porque o princípio da igualdade é uma mera utopia é abrir o sítio do jornal A Bola, ler alguns comentários e escolher um apropriado:
"acho que o mas correto era tu t dimitires,tu e mas os teus digirente o Arsenal é um grande merece ser dirigido por pessoas conpetentes.e voces rieram com um projecto que a mas de 4 anos não da certo e digo mas,este projecto não vai dar serto nunca porque pq estão sempre a vender jogadores."
 Não, lamento mas não: não somos todos iguais.

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A GAME WE PLAY


Leftover Cuties, 'Game Called Life', Game Called Life (2010)

quinta-feira, 11 de agosto de 2011