Pensamento, m. - Acto ou efeito de pensar. Qualquer acto de inteligência. Fantasia. Ideia. Espírito. Uso da razão. Reflexões

segunda-feira, janeiro 20, 2014

MARCELO, O CATAVENTO

Fiquei hoje a saber, ao ler os jornais, que o Professor Marcelo  afasta-se da candidatura à Presidência da República porque "a questão está resolvida quando o líder do maior partido diz que a candidatura é indesejada". E por que razão é tal candidatura indesejada? Porque, diz-nos o Professor Marcelo, o líder do PSD postulou na sua moção ao Congresso um conjunto de características indesejadas para o cargo. Ora, como tais características - mais uma vez de acordo com o próprio Marcelo - aparentemente descrevem o nosso ímpar Professor, fica a hipotética candidatura posta de lado. Conclusão? Apenas uma: que Marcelo se considera a si próprio como "um catavento de opiniões erráticas em função da mera mediatização gerada em torno do fenómeno político"; quanto ao resto, sobra a vitimização habitual do Professor Marcelo que, imagino eu, para ser candidato presidencial precisaria de sondagens que lhe dessem garantias de mais de 70% dos votos à primeira volta. Menos do que isso seria uma ignomínia à qual o Professor nunca se sujeitaria e, por essa portentosa - e corajosa - razão, nos ficará de antemão garantida que, por um lado, nem Marcelo será Presidente da República e que, por outro, nem nós, nem provavelmente Passos Coelho, nos teremos que preocupar muito com essa possibilidade.

Sem comentários: