segunda-feira, 28 de abril de 2014

DESVIO E NORMA

Dizia o Frank Zappa, e bem, que sem desvio da norma o progresso não é possível. Utilizada para explicar a rebeldia, mesmo aquela sem causa, esta frase bem tem servido como o hino dos progressistas supostamente contra os conservadores. Eu não vejo a coisa assim. O verdadeiro conservadorismo não reside em impedir o desvio contra a norma mas, muito mais importante, em compreender que sem norma não há nada do qual alguém se possa desviar. Ou seja, sem norma não há igualmente progresso, apenas sobra o caos.

Sem comentários: